Mídia

Professor Martin Orrel, da University College London, visita a Universidade Federal de Santa Catarina.

Aconteceu no dia 29 de outubro de 2013, no auditório do Centro de Ciências da Saúde, da Universidade Federal de Santa Catarina, a palestra “Cooperação internacional e formação de redes de pesquisa”, com o professor Martin Orrel, da University College London (UCL).
O professor Orrell, colaborador do inquérito EpiFloripa Idoso 2013, é médico psiquiatra, chefe do Departamento de Saúde Mental da University College London (UCL), na Inglaterra, responsável pela implantação e coordenação das clínicas de memória no sistema público de saúde (National Health System-NHS), líder de rede internacional de pesquisa em estimulação e reabilitação cognitiva e editor da revista Aging and Mental Health.

Maiores informações sobre o trabalho desenvolvido pelo professor Orrel e da Oficina da Lembrança realizada na Palhoça e organizada pelo Prof. André Xavier, podem ser obtidas na entrevista publicada, no dia 02 de novembro, na seção Vida e Saúde, do Diário Catarinense.
Leia no link abaixo:

Diário Catarinense – Entrevista Prof. Martin Orrel

Livro de autoria do pesquisador do EpiFloripa, João Luiz Bastos, discute métodos para avaliar a discriminação e seus efeitos sobre a saúde

É possível apreender cientificamente a discriminação? Que desafios complexos devem ser enfrentados nesta iniciativa? Para responder a estas perguntas, são necessárias estratégias metodológicas capazes de identificar e medir a discriminação. Apresentar as ferramentas disponíveis e discutir suas potencialidades e limitações são os objetivos do livro Discriminação e Saúde: perspectivas e métodos, lançamento da Editora Fiocruz. A obra, que compõe a coleção Temas em Saúde, é assinada por João Luiz Bastos, do Departamento de Saúde Pública da Universidade Federal de Santa Catarina  e pesquisador do estudo EpiFloripa, e Eduardo Faerstein, do Instituto de Medicina Social da Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

Saiba mais através do link: http://www.fiocruz.br/ccs/cgi/cgilua.exe/sys/start.htm?infoid=4925&sid=10

Estudo EpiFloripa é destaque no Jornal do Almoço da RBS tv: Resultados da pesquisa são divulgados

O Jornal do Almoço destacou hoje, 21 de agosto de 2012, os resultados da primeira fase do estudo EpiFloripa. Mostrou também a importância desse estudo para a comunidade Florianopolitana e convida, junto com a nossa equipe a participarem mais uma vez, desse levantamento em saúde tão importante para a nossa população.

Para assistir a matéria clique AQUI.

Coordenador do Estudo EpiFloripa é entrevistado no Bom Dia SC – RBS tv

16-04-2012

Na segunda feira, 16 de abril, o professor Marco Péres, coordenador do Estudo EpiFloripa bateu um papo com a Fabiana Nascimento e o Rafael Faraco, explicando um pouco sobre o estudo. Assista aqui.

Entrevista sobre o Estudo EpiFloripa no Bom Dia Santa Catarina

Agradecemos a equipe do Bom Dia SC pela recepção e pela oportunidade de divulgarmos o nosso trabalho.

O Estudo EpiFloripa retomará a avaliação de saúde da população Adulta de Florianópolis.

08-03-2012

Inicia em março a segunda fase do projeto Epifloripa – Condições de Saúde de Adultos de Florianópolis. A expectativa da equipe, coordenada por professores dos departamentos deSaúde Pública e Nutrição da UFSC, é concluir a fase de entrevistas no mês de julho. A meta é levantardados sobre saúde bucal, qualidade de  vida, discriminação e alimentação, além de acompanhar a evolução de outras questões que podeminterferirna saúde,como a gordura abdominal, o peso e a pressão arterial. O trabalho tem apoio financeiro do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico(CNPq)

Leia a notícia completa clicando aqui

Professor e Pesquisador do estudo EpiFloripa, David Alejandro González Chica, conquista Prêmio Capes de Tese

02/12/2011

O professor David Alejandro González Chica, do Departamento de Nutrição da Universidade Federal de Santa Catarina, recebeu esta semana o Prêmio Capes de Tese, edição 2010.

A notícia foi publicada no Diário Oficial da União de 29/11/2011 e refere-se ao trabalho do professor como a melhor tese de doutorado defendida em 2009 na área de Saúde Coletiva. O trabalho foi orientado pelo professor Cesar Gomes Victora.

David González avaliou o efeito de condições sociodemográficas e do crescimento precoce sobre obesidade abdominal entre participantes de um estudo iniciado em 1982, na cidade de Pelotas (RS), e que continua acompanhando a população.

A entrega do prêmio será na sede da CAPES, em Brasília, no dia 15 de dezembro.

Mais informações: david.epidemio@gmail.com

http://noticias.ufsc.br/2011/12/02/professor-da-ufsc-conquista-premio-capes-de-tese/

Pesquisadores do estudo EpiFloripa recebem premiação em Congresso Brasileiro de Epidemiologia

6/12/2011

O pôster “Fatores associados à dificuldade para comer segundo gênero: estudo de base populacional no sul do Brasil” foi premiado com menção honrosa durante o VIII Congresso Brasileiro de Epidemiologia. O trabalho foi elaborado com os resultados de uma pesquisa desenvolvida pela doutoranda em Odontologia Daniela de Rossi Figueiredo e pela mestranda em Odontologia Carla Antoni Luchi com orientação dos professores da UFSC Marco Aurélio Peres e Karen Glazer Peres.

Os dados apresentados no pôster são parte de um estudo de base populacional chamado EpiFloripa (www.epifloripa.ufsc.br). O trabalho, desenvolvido por pesquisadores da área da saúde da Universidade Federal de Santa Catarina, começou em 2009, quando cerca de 3.400 pessoas de todas as regiões de Florianópolis, entre adultos e idosos, foram visitados em suas casas.  Os participantes responderam a um questionário sobre condições de saúde e também foram registradas diversas medidas como o peso, a altura e a circunferência abdominal.

A pergunta que deu início ao painel foi “você sente dificuldades de comer por causa dos seus dentes?”. Ao analisar os resultados da pesquisa, a doutoranda em odontologia da UFSC, Daniela de Rossi, em parceria com a mestranda também de odontologia Carla Antoni Luchi, separaram as informações adquiridas em gêneros (homensXmulheres) e em outros grupos e então publicaram as conclusões no painel que foi premiado. “Essa premiação mostra uma valorização do nosso trabalho e com certeza é um estímulo para continuar a pesquisa”, diz Daniela.

O objetivo era estimar os fatores associados à dificuldade para comer devido a problemas bucais em adultos de Florianópolis. Entre os resultados obtidos 6,3% dos homens já apresentaram dificuldades para comer, nas mulheres esse número sobe para 9,5%. As características dos entrevistados foram divididas por blocos demográficos, socioeconômicos, de utilização de serviços e de higiene condição bucal. Nos homens, quanto maior a idade, menor a renda e menos dentes naturais, maior a chance de dificuldade para comer. Nas mulheres essa chance aumenta conforme é maior a escolaridade, o sintoma de boca seca e o número de dentes não-naturais.

Para o ano que vem, o grupo tem previsão de visitar novamente os participantes da pesquisa para avaliar a saúde bucal com acompanhamento de profissionais da área para a realização de exames.

Congresso Brasileiro de Epidemiologia

O evento aconteceu entre os dias 12 e 16 de novembro e contou com quase cinco mil inscritos, quatro mil trabalhos apresentados e 3300 participantes. Esta oitava edição trouxe como tema central o debate sobre a epidemiologia e seu papel na definição de políticas públicas, relacionado ao campo da saúde coletiva. O congresso foi organizado pela Associação Brasileira de Pós-Graduação em Saúde Coletiva (ABRASCO).

Mais informações com Daniela de Rossi pelo email daniela.derosi@gmail.com

http://noticias.ufsc.br/2011/12/06/ufsc-e-premiada-no-congresso-brasileiro-de-epidemiologia/

Doutoranda da UFSC e pesquisadora do EpiFloripa é selecionada para Conferência Internacional na Turquia

17/11/2011

A 3ª  Conferência Internacional para a Melhoria do Uso de Medicamento está sendo realizada em Antalya, Turquia, desde o dia 14 e termina nesta sexta, dia 18 de novembro. A ICIUM 2011 visa a moldar recomendações baseadas em evidências políticas e indicar uma agenda de pesquisas futuras. A conferência é limitada a 600 pessoas, entre pesquisadores, gestores do setor saúde e formuladores de políticas públicas. São apenas 13 participantes brasileiros, sendo um deles a doutoranda Alexandra Boing, do Programa de Pós-Graduação em Saúde Pública da UFSC e pesquisadora do estudo EpiFloripa.

Dos brasileiros, três (um pesquisador da ENSP/Fio Cruz, um da UFG e a doutoranda Alexandra Boing, da UFSC) receberam financiamento da ICIUM para participar da conferência em virtude da realização de pesquisas importantes com populações vulneráveis. A pesquisa desenvolvida na UFSC ocorreu no estudo de base populacional (chamado Epifloripa e conduzido no âmbito no Programa de Pós-graduação em Saúde Coletiva), com 1720 adultos residentes em Florianópolis.

A parte apresentada no congresso na Turquia objetivou verificar as desigualdades de gênero nos gastos e no comprometimento de renda na compra de medicamentos.

Durante os próximos meses a doutoranda da UFSC Alexandra Boing realizará palestras e reuniões sobre os principais apontamentos da conferência para melhoria do uso de medicamentos no Brasil e no mundo.

 

Para saber mais, acesse: http://noticias.ufsc.br/2011/11/17/doutoranda-da-ufsc-e-selecionada-para-conferencia-internacional-na-turquia/#more-45140

Fonte: Alexandra Crispim Boing – Esta imagem contém um endereço de e-mail. É uma imagem de modo que spam não pode colher.

 

Mídia

Aqui você encontrará reportagens sobre o estudo EpiFloripa publicadas nos diversos meios de comunicação.

 

Reportagem exibida no Programa Bom Dia Santa Catarina – 01/10/09

http://www.youtube.com/watch?v=VvcVmRpMZxk

 

Reportagem exibida no Programa Jornal do Almoço – RBS

http://www.youtube.com/watch?v=ECD7EiWVdOI

 

Matéria publicada no Jornal Notícias do Dia (24/12/2010)

http://www.ndonline.com.br/florianopolis/colunas/materia/slug/pesquisa-traaca-perfil-da-populaacaao-na-capital

 

Artigo publicado na revista Ciência em Pauta (29/09/2010):

http://www.cienciaempauta.com.br/2010/09/condicoes-de-saude-da-populacao-adulta-de-florianopolis/

 

Matéria publicada no Diário Catarinense, em suplemento especial (08/10/2010):

http://edition.pagesuite-professional.co.uk/launch.aspx?referral=mypagesuite&pnum=&refresh=8Qi1q60N1fL9&EID=62ae0a75-711c-4ec5-86cc-9c1bb2912ed2&skip=

 

Matéria publicada no site da Associação dos Jornais do Interior de Santa Catarina (19/10/2010)

http://www.adjorisc.com.br/saude/ufsc-apresenta-dados-sobre-qualidade-de-vida-e-saude-em-florianopolis-1.359954?print=true

 

Matéria publicada no site do INSTITUTO SALUS (15/02/2012)

http://www.institutosalus.com/noticias/uso-racional-de-medicamentos/perfil-de-medicamentos-prescritos-para-idosos-foi-alvo-de-pesquisa-no-sul-do-brasil

 

Matéria publicada no da Universidade Federal de Santa Catarina – UFSC (30/05/2014)

http://noticias.ufsc.br/2014/05/pesquisa-realizada-pela-ufsc-revela-aumento-na-qualidade-de-vida-em-florianopolis/#more-111952